Nenhum produto no carrinho.

O termo pobreza menstrual descreve a condição indigna vivida por muitas pessoas durante o período menstrual.

É a dificuldade aos itens de higiene BÁSICA e menstrual, além da falta ao acesso à água, ao saneamento básico, às instalações sanitárias e aos lugares corretos para descarte de resíduos menstruais.

Na tentativa de suprir a carência de itens adequados para a higiene menstrual, pessoas que menstruam passam a utilizar materiais que estão disponíveis em suas realidades para a coleta do sangue menstrual como: jornais, papelões, miolo de pão, pedaços de pano sujos, sacolas plásticas, folhas secas, areia, esponjas velhas…

Os meios de gerenciamento não higiênicos além de muito inconvenientes, são inseguros e apresentam risco para a saúde das pessoas que menstruam!

A falta de maneiras eficientes para a coleta da menstruação faz com que pessoas que menstruam em idade escolar, abandonem os estudos e pessoas que menstruam em fase adulta tenham dificuldade para trabalhar durante o período menstrual, fazendo com que as possibilidades de desenvolvimento destas pessoas sejam diminuídas.

Cópia de a pOBREZA MENSTRUAL. (1)